Dicas de como montar jardins pequenos aconchegantes, convidativos, bem decorados e repletos de verde

5 minutos de leitura

Seguindo o embalo da moda “sustentável”, muitas pessoas têm valorizado aqueles projetos arquitetônicos que as fazem se sentir perto da natureza.

É cada vez mais comum que pequenas áreas dos imóveis – tanto internas quanto externas – sejam transformadas em jardins  – isso inclui as sacadas dos apartamentos. O objetivo é ter um lugar agradável e arejado para relaxar com conforto e tranquilidade.

Como montar jardins pequenos

Décio Navarro

O impacto dos jardins pequenos na valorização dos imóveis

Espaços verdes estão ficando mais escassos em áreas urbanizadas. É grande o número de pessoas que sentem falta de um recanto desses dentro de casa – e não é por menos. Áreas assim serviriam não só para o ser humano repousar, mas também se socializar, com seus amigos e familiares. Logo, os jardins pequenos seriam tanto o sinônimo de embelezamento quanto de valorização dos imóveis.

Engana-se quem pensa que em pouco espaço não se pode fazer um belo jardim. Qualquer cantinho é capaz de ser transformado em uma área funcional e produtiva, seja embaixo de uma escada, no beiral de uma janela, dentro de um banheiro e mais.

E nem é preciso gastar muito dinheiro, basta a pessoa ter criatividade, comprometimento e força de vontade.

É natural que muitos pensem em construir um jardim em casa. Mas poucos sabem como lidar com um jardim pequeno. A boa notícia é que tem diversas maneiras de enfrentar essa limitação de espaço.

Reunimos neste post algumas dicas fáceis de como montar um espaço aconchegante, convidativo, bem decorado e repleto de verde, mesmo em áreas mais compactas.

Como montar jardim pequeno

Conceição Estrela Pinto Barbosa  / Zark Studio Lab

Dicas de jardinagem para jardins pequenos

Jardins pequenos merecem soluções criativas. Dito isso, é importante lembrar que as composições mais bonitas são aquelas que contêm espécies vivas – quanto mais coloridas melhor. Mas, cuidado para não parecer tudo bagunçado.

O ideal é estabelecer uma planta predominante para os pontos de destaque. O pingo d’ouro, por exemplo, é muito utilizado pelos paisagistas, pois é barato e fácil de ser podado.

Como montar jardins pequenos

Lúcia Vale

É importante a pessoa, antes de sair comprando coisas na floricultura, pesquisar o que é melhor para o seu jardim. Tem flores e folhagens que se adaptam melhor a certas condições, como o clima e o solo.

Algumas são mais caras e outras mais baratas. Algumas requerem mais cuidados e outras menos. Algumas podem ter seus galhos e copas cortadas em qualquer formato desejado e outras não. Portanto, atenção!

As necessidades das espécies cultivadas em interiores e exteriores, em jardins pequenos ou grandes, não diferem muito. Todas vão precisar de uma quantidade mínima de luz, de alguma umidade, temperatura agradável e boa ventilação para se desenvolverem. O êxito em sua adaptação e sobrevivência vai depender de todos estes fatores apontados.

São algumas das espécies de plantas indicadas para jardins internos: antúrio, begônia, mini cacto, orquídea e ráfis.

Como montar jardim pequeno

MC3 Arquitetura

Para destacar os canteiros das áreas de lazer e descanso, os paisagistas costumam apelar para os efeitos visuais. As diferenças de cor, textura e até de altura das espécies já é o suficiente para formar os diferentes cenários.

As pedras decorativas são incluídas ao conjunto para fazer a borda dos canteiros. E as luzes das luminárias e arandelas para destacar os percursos em madeira ou pedra.

A ornamentação dos jardins deve começar a ser montada com pequenos elementos. Vasos suspensos ou presos aos muros e cercas dão vida aos espaços mais estreitos.

Garrafas pet, de vinho, de azeite e até xícaras podem ser recicladas e transformadas em vasos para flores ou hortas verticais. Mas, a ambientação dos pequenos jardins é complementada por outros elementos. Vejamos a seguir!

Como montar jardins pequenos

MC3 Arquitetura

Como montar jardins pequenos

.Tetriz Arquitetura e Interiores – Káthia Pimmenta

Existem certos artigos decorativos disponíveis no mercado capazes de trazer mais vida e personalidade aos jardins pequenos.

Áreas bem convidativas podem ser montadas com passarelas de cimento e decks de madeira. E sobre elas, estarem peças de mobiliário, como cadeiras e mesas – novas e antigas ou feitas em materiais reaproveitados, como pallets e tábuas de demolição.

Ambientes mais “zens” podem contar com um conjunto de estofado, próprio para áreas externas, além de pufes, redes ou cadeiras de balanço.

Os módulos precisam estar agrupados em torno de um  ponto focal, como um fogareiro de metal, um belo mosaico ou fonte d’água. Itens que remetam à natureza e os seus elementos deixam o visual da decoração mais relaxante e agradável aos olhos. O resultado é espetacular!

Como montar jardins pequenos

Angela Meza

Como montar jardins pequenos

INÁ Arquitetura – Juliana Freitas

Como montar jardins pequenos

MC3 Arquitetura

A ornamentação de um jardim pequeno pode ser finalizada por elementos simples, baratos e até fáceis de fazer manualmente. Gaiolas de passarinhos e pneus usados ganhariam uma nova utilidade, como lamparinas e vasos de plantas.

Escadas velhas e venezianas de madeira como suporte para plantas. Latas de refrigerante como porta-velas. E carrinhos de mão, utilizados em obras civis, como floreiras.

Agora, a pessoa que desejar fazer uma composição decorativa mais elaborada para um jardim pequeno pode recorrer, proporcionalmente, a soluções mais caras.

Nas paredes, instalar quadros, molduras com fotos, guirlandas feitas em elementos naturais e artes em metal. Em consoles, expor castiçais, vasos e esculturas elaboradas. E sobre os estofados, colocar mantas e almofadas em estampas variadas.

Como montar jardins pequenos

Casacor MG

Viu quantas possibilidades de decoração de jardins pequenos você pode explorar. Não deixe de se inspirar nessas ideias e inicie logo seu projeto de jardim em casa.

Estas dicas para criar jardins pequenos foram selecionadas pela equipe Viva Decora.

.