Dicas de especialista para fazer um ótimo negócio ao comprar imóvel

7 minutos de leitura

Por Susana Damy (*)

Você está querendo comprar um imóvel? Aproveite todas as oportunidades que estão aí afora, afinal, o mercado está para o comprador! Sabe o que isso quer dizer? Que existe hoje mais oferta do que procura, quero dizer, mais imóveis à venda do que compradores. Com o mercado imobiliário em baixa, você tem muito mais chance de comprar o imóvel ideal, por um valor bem mais baixo.

Comprar um imóvel é um dos momentos mais gostosos que passamos em nossas vidas, mas, por outro lado, é um momento de incertezas que não acabam mais, pois a compra de um imóvel é um dos investimentos mais altos que as pessoas fazem  . É comum criar expectativa, ansiedade, incerteza, tensão e ter muito stress. Você certamente estará passando por todas as sensações, boas e ruins, misturadas no processo de decidir onde e qual será o seu lar doce lar.

Você já deve ter imaginado e até desenhado a sua casa e, para ajudar nesse processo “deliciosamente doloroso”, eu preparei ótimas dicas, esteja você comprando casa pela primeira ou pela décima vez. Siga esses passos para que a casa dos seus sonhos não vire um pesadelo real.

1# Investimento – Tenha em mente o quanto você pode gastar. Não adianta sair à procura da casa perfeita, se você não tem ideia do quanto pode pagar. Evite esse tipo de frustração. Comece pesquisando nos bancos e tenha o seu financiamento pré-­aprovado. Você se sentirá bem melhor e mais poderoso para a negociação!

2# Localização – ­Tenha um rumo antes de sair à procura da casa perfeita. O segundo passo é saber em que região da sua cidade você quer morar. Considere o seu local de seu trabalho, escola para seus filhos, se quer estar perto da sua família, a presença de lojas de conveniência e comércio, parques etc. A mobilidade é um dos temas mais discutidos atualmente, principalmente nas grandes cidades, e chegar aos destinos de maneira rápida e prática é um grande quesito na vida moderna. Saber exatamente onde você quer morar reduzirá a sua ansiedade.

3# Tipo do imóvel – Casa, apartamento, condomínio, geminada, cobertura? Agora que você já sabe até quanto pode gastar e já escolheu o bairro que quer morar, chegou a hora de pensar no imóvel dos sonhos! Você quer casa ou apartamento, garden home, casa container ou padrão? Qual é o seu perfil? Em qual dessas moradias você se enquadra melhor? Existem tantos tipos de moradia atualmente, que qualquer um fica na dúvida.

Após definir o tipo de moradia, é hora de pensar em quais requisitos são importantes para você e sua família ao comprar imóvel. Que tal começarmos pelo tamanho: quantos metros quadrados? Uma dica é considerar a menor metragem quadrada possível e que possa ser confortável para você e a sua família viverem e acomodarem todos os seus pertences. É melhor começar pequeno do que grande: isso ajuda você a abrir a sua cabeça e considerar um número maior de imóveis.

Defina também o número mínimo de quartos, banheiros, andar alto ou baixo, varanda gourmet, número de garagem e facilidades que o condomínio possui.

4# Imobiliária e corretor – ­ Tenha uma boa referência ao invés de dez. Por experiência própria: é muito melhor você ter um ótimo corretor trabalhando para você do que ter dez que não sabem exatamente o que você quer e que trabalham ambiguamente em prol do interesse do vendedor e do comprador. Pesquise imobiliárias e dê preferência para as que estão localizadas na região que você escolheu morar. Existe a vantagem de que as locais saberão informar melhor os pontos relevantes a respeito do bairro.

Pesquise a reputação, número de vendas, enfim, entreviste corretores antes de decidir com quem você vai trabalhar. Não esqueça que você está lidando de uma vez com, provavelmente, a maior quantia de dinheiro junto em toda a sua vida, além de estar comprando a casa que você e sua família vão morar por muitos anos.

5# Condições do imóvel – ­Novo ou usado? Comprar e mudar ou comprar e reformar? Qual é o seu perfil? Muda tudo ou muda e pronto? Você pode escolher imóveis prontos para morar, como aquele que você leva a mudança e já coloca tudo no seu devido lugar. Esses imóveis são perfeitos se você não tem o perfil mãos à obra! Comprar imóveis que já estão prontíssimos para morar é uma facilidade que muitos compradores estão dando preferência atualmente, pela falta de tempo e também para evitar o desgaste e estresse de uma obra.

Mas, se o seu perfil for do tipo “a minha casa tem que ter a minha cara”, pode ser uma vantagem escolher apartamentos usados do tipo “detonados”. Você pode conseguir um ótimo negócio nesse tipo de imóvel e, confie em mim, existem milhares deste tipo nessas condições. Antes de decidir, não se esqueça de por na balança o quanto você gastará e o quanto você terá disponível em caixa para reformar. Muitas vezes o valor de um imóvel detonado que necessita de reforma vai sair bem mais caro do que imóveis nos quais o proprietário investiu para vender.

6# Paredes e pisos – Foi amor a primeira vista! Então… mesmo você sendo do tipo comprar e mudar, não se estresse se não encontrar o imóvel que quer do jeito imaginou. Tente olhar um pouco além e imaginar como aquela parede laranja ficaria se estivesse pintada com uma cor mais leve e do seu gosto. Não deixe de comprar o seu imóvel perfeito porque alguma coisa não está perfeita nele. Muitos proprietários ainda não se conscientizaram que a imagem é um fator determinante na venda de imóveis e acabam perdendo excelentes negociações por motivos meramente estéticos, como neutralizar e despersonalizar, antes de colocarem a sua casa à venda.

Se você realmente gostou do imóvel, se foi amor à primeira vista, vá em frente, pintura é o menor dos problemas que você pode encontrar na hora de comprar a casa dos seus sonhos.

7# Informe­-se – Ele vem com o fogão? Uma vez que você achou o imóvel dos sonhos, é hora de saber o que fica e o que vai com o proprietário para evitar confusão na hora de receber as chaves do imóvel e acabar se decepcionando por causa daquele painel de TV que você gostou tanto e foi embora. Certifique-­se com o seu corretor de tudo o que permanece com a venda, antes de fechar o negócio.

8# Imagine você morando no imóvel – Transporte-­se mentalmente. Como não é possível experimentar uma casa antes de comprar, é sempre bom imaginar como será a sua vida diária nela e na vizinhança. Visite o imóvel várias vezes antes de fechar o negócio para poder ter esse tipo de sensação. Comprar uma casa é um passo muito grande: não compre por impulso. Conheça bem o que você está comprando antes de comprar.

9# Condomínio – Evite surpresas. Saber exatamente o custo do condomínio, as despesas, fundos de obra etc. são fatores importantes que não podem ficar de lado. Peça ao seu corretor os relatórios do condomínio para examinar e ver se está tudo ok. Certifique-se de que você não terá nenhuma surpresa quando as contas chegarem.

10# Vazamentos, infiltrações, eletricidade – Não tenha essa dor de cabeça. Antes de fechar a compra da sua casa, faça uma inspeção para vazamentos, infiltrações, problemas elétricos e cupins. Esses detalhes (que não são detalhes) são o tipo de problema que durante o excitamento da compra da casa nova, pode passar despercebido e depois virar um pesadelo na sua vida.

11# Espaço – Planeje com o seu mobiliário. Esteja você levando toda a sua mobília ou comprando tudo novo, tenha as plantas do imóvel com o detalhamento das medidas e faça um planejamento do espaço para ver se os seus móveis ou futuros móveis caberão nos ambientes. Muitas compradores comentem o erro de comprar móveis exageradamente grandes para espaços pequenos. Se você tiver dúvida, contrate o serviço de um designer para fazer o planejamento do interior da sua casa. Você vai agradecer no final.

Espero que minhas dicas para comprar casa dos sonhos te ajude!

Staging -­ Espalhando o bom conhecimento

.

One Response

  1. bruno