Como fazer mudança de casa da forma mais simples

4 minutos de leitura

Você está se mudando para um novo apartamento ou casa e não sabe por onde começar? São tantas coisas para providenciar que, muitas vezes, você fica até meio perdido. E aí, como fazer mudança?

Então, não precisa se preocupar! Basta ter um pouco de disciplina e organização. Por isso, vamos te dar umas dicas que vão poder lhe ajudar bastante e, no final das contas, sua mudança vai sair melhor do que você estava esperando.

Escolher uma empresa de mudança confiável

Na verdade, o ideal é fazer uma pesquisa sobre empresas de mudanças e solicitar o orçamento, pelo menos, com três meses de antecedência. Hoje em dia, existe uma grande variedade de empresas nesse ramo, mas é muito importante verificar alguns pontos:

  • Quais os serviços que estão incluídos
  • Como é feito o empacotamento
  • Quais os materiais que utilizam para o transporte (plástico bolha, mantas, araras para roupas)
  • Peça referências a amigos e familiares
  • Se possui seguro

Será que na nova casa cabe todos os seus móveis?

A primeira coisa que você precisa prestar atenção é se na nova casa vai caber todos os seus móveis. Por isso, é fundamental que você tire todas as suas medidas para se certificar se, por exemplo, o sofá vai caber na sala.

Já imaginou a mudança chegando e não ter espaço para tudo?

E se isto acontecer, uma ideia é vender alguns móveis antigos. Hoje em dia, existem vários sites na internet que você pode fazer isso.

Essa também é uma excelente forma de você ver o que pode ser aproveitado ou não. E é nessa hora que você se dá conta de quantas coisas desnecessárias foi acumulando ao longo dos anos.

Já começando a empacotar

Algumas empresas disponibilizam previamente caixas, plástico bolha e fitas adesivas, mas outras não. Nesse caso, você precisa comprar estes materiais e já pode ir começando a empacotar.

Lembrando que, todas as caixas devem ser fechadas tanto na parte de baixo quanto na parte de cima. Uma ideia que facilita bastante é escrever do lado de fora da caixa todo seu conteúdo, por exemplo, quarto, cozinha e sala. Assim, quando sua mudança chegar, fica bem mais fácil de organizar.

E, aquelas caixas que contenham pratos, copos, etc, não se esqueça de escrever em letras bem grandes: FRÁGIL, e de preferência com setas indicando o lado de cima. Isso evita que tais caixas sejam transportadas do lado errado e seus copos, por exemplo, quebrem.

Quantas histórias ouvimos a respeito de pessoas que chegam a perder praticamente todas as suas taças, copos e pratos?

Solicite uma visita da empresa com antecedência

Ao solicitar uma visita com antecedência, os profissionais irão avaliar todos os seus utensílios. Pode ser que alguns móveis nem precisem ser desmontados e outros sim.

Aproveite e tire todas as suas dúvidas.

Então, isso é basicamente uma ideia geral em relação à mudança em si, mas você precisa providenciar outras coisas:

  • Transferência de telefone
  • Transferência de TV a cabo
  • Alterar a titularidade nas contas de luz, gás, bancos, etc.
  • Verificar se no novo imóvel as tomadas, torneiras e descargas estão funcionando
  • Fazer uma limpeza no novo imóvel

Para sua maior segurança, caso você possua joias, o ideal é transportá-las com você. E se tiver alguma obra de arte, algum quadro de um artista renomado, fotografe todos eles. Assim, caso seja verificado algum dano nestas peças, você tem como solicitar o ressarcimento ou acionar o seguro.

Uma dica bem legal é que, pelo menos, uma semana antes da mudança, você procure consumir tudo o que tem na geladeira e evite fazer compras de mercado.

No dia da mudança

E, no dia da mudança propriamente dito, separe algumas roupas, objetos pessoais, um jogo de roupas de cama e banho e alguns alimentos. Esse dia é um pouco confuso e vai ser um pouco difícil você encontrar algumas coisas em meio a tantas caixas.

Lembrando que, no dia da mudança, é aconselhável que esteja no local uma pessoa responsável para receber a mudança, e outra no imóvel antigo para se certificar que não ficou nada para trás. Já ouvi relatos de pessoas que deixaram tudo nas mãos das transportadoras e, depois de algum tempo, começaram a dar falta de vários itens.

Pronto, mudança feita! Agora, é o momento de começar a abrir todas essas caixas e organizá-las. Alguns especialistas sugerem que se organize cômodo por cômodo. Escolha o que acha mais importante e depois, aos poucos, vai organizando os outros. Nunca abra tudo de uma só vez, porque senão a “bagunça” será generalizada.

Esperamos ter podido lhe ajudar e basta seguir algumas dessas dicas. Não transforme sua mudança numa dor de cabeça. Pense que é uma nova etapa da sua vida e você e sua família devem aproveitar ao máximo!

.