Valorize seu imóvel no momento da venda

3 minutos de leitura

Pintura, conservação de móveis e limpeza são fundamentais para agregar valor na hora de negociar um imóvel. Com o mercado imobiliário aquecido, a oferta de imóveis é extensa, os compradores nunca tiveram tanta variedade a disposição. O desafio fica ainda maior para quem quer vender um imóvel, pois é preciso que ele se destaque em meio aos demais para agradar e atrair os clientes.

Porém, alguns aspectos simples podem valorizar os ambientes na hora da venda. O comprador terá na primeira impressão a resposta se aquele pode ou não se tornar o lar da família. Algumas dicas garantem sucesso nas vendas, a valorização do imóvel e ainda a rapidez na escolha dos clientes.

6 dicas para tornar seu imóvel mais atrativo para a venda

1 – Pintar o imóvel antes de colocá-lo a venda

Não importa a idade do imóvel e sim o que ele aparenta no momento da venda. Pintar as paredes e a fachada pode ser considerado um investimento na roupagem de uma casa ou apartamento, que deixa um aspecto de bem conservado e garante uma impressão de novo, limpo e bem cuidado. A pintura de casa faz muito mais sucesso do que uma casa cheia de manchas e tinta desbotada.

2 – Tirar boas fotos dos ambientes para divulgação

As fotos são o cartão de visita dos imóveis, são elas que atraem ou repelem os clientes em um primeiro contato, que ocorre geralmente por meio de anúncios em imobiliárias ou em meios de comunicação como a internet. Boas fotos são decisivas para convencer o cliente de que aquela casa, apartamento ou terreno merece uma visita, quando as imagens são desinteressantes o comprador parte rapidamente para outras ofertas.

3 – Organizar os ambientes para receber a visita dos interessados

Cheiro, limpeza, mobilidade e organização são aspectos que o comprador vai notar na visita à casa ou apartamento que deseja comprar. É fundamental causar uma boa primeira impressão e fazer com que o cliente consiga se sentir parte daquele local e se imagine morando ali.

Desta forma o imóvel precisa estar arrumado e, principalmente, limpo, livre de maus odores e bagunça. Para quem tem crianças, a atenção deve ser redobrada: evite brinquedos no chão ou outros artigos infantis jogados pela sala e quartos. Na área de serviço, atenção para não estender roupas íntimas no dia em que o imóvel será visto pelo possível comprador, esta situação pode gerar desconforto para o cliente e para o vendedor.

4 – Jardins e piscinas devem estar sempre limpos

Para os proprietários de casas com jardim frontal, de inverno ou quintal, a manutenção permite que o espaço não se transforme em um matagal. Como no interior da casa, essas áreas precisam estar limpas, com grama aparada, flores e adornos conservados. Para a piscina, a dica é manter a água limpa e com bom aspecto, que seja possível observar o fundo e faça com que ela se torne convidativa, mesmo em dias frios.

5 – Conservação dos móveis

Se a negociação da casa ou do apartamento incluir móveis, sejam sob medida, sejam individuais, cabe mais um item importante. Os móveis devem estar conservados e sem defeitos visíveis, como rasgos no sofá, maçanetas quebradas, madeira rachada e problemas de umidade e mofo. O comprador não quer algo velho, com aparência de usado.

6 – Iluminação

Invista na iluminação dos ambientes e aproveita a luz natural. Se a visita ocorrer durante o dia o sol pode ser um grande aliado para valorizar os cômodos, já durante a noite as luzes quentes podem dar glamour e sensação de acolhimento. Ambientes claros são mais propícios para fechar uma negociação.

Quer saber mais sobre o mercado imobiliário? Então acesse nosso site e fique por dentro!

.